A aplicação da Toxina Botulínica – Botox® – é o tratamento mais realizado no mundo por quem deseja atenuar ou prevenir as ruguinhas de expressão. Mas você sabia que, além de agir em benefício do rejuvenescimento facial, a toxina botulínica também pode cumprir outras funções em prol da beleza? 

 

O que é a Toxina Botulínica?

Essa substância é derivada de uma bactéria (Clostridium botulinum) e tem ação paralisante nos músculos, ou seja, ela bloqueia os sinais nervosos musculares, diminuindo a mímica facial. Assim, com a menor movimentação muscular na face, as rugas dinâmicas, como os pés de galinha, as linhas horizontais da testa e as ruguinhas verticais na glabela – entre as sobrancelhas -, são atenuadas. Geralmente, os primeiros efeitos do tratamento começam a aparecer em 2 a 3 dias. No entanto, resultados plenos são alcançados após 3 semanas, se mantendo por cerca de 4 meses.

 

Outras aplicações do Botox®

 

1) Arquear as sobrancelhas 

 

A aplicação do Botox® nos músculos que erguem e contraem as sobrancelhas é indicada para arquear naturalmente a região e corrigir pequenas assimetrias.

 

2) Efeito nefertiti – Rejuvenescimento do pescoço

A Toxina também pode ser aplicada no ⅓ inferior da face e pescoço, com o objetivo de relaxar o músculo platisma e prevenir o envelhecimento dessa região. Além de evitar as rugas marcadas, esse tratamento evita que a força do pescoço “puxe” os tecidos faciais para baixo. Assim, é possível manter sempre um contorno facial bem definido.
O procedimento leva esse nome em referência à beleza da antiga rainha do Egito, em especial à sua linha mandibular bem delineada e ao seu pescoço jovem.

 

3) Efeito Slimmer Face – Afinamento do terço inferior da face 

Visando afinar e emagrecer de forma natural o rosto, a Toxina Botulínica pode ser aplicada no músculo masseter, da região mandibular. Com a diminuição da força muscular nesta região, promovemos mais suavidade e feminilidade à face das mulheres. 

4) Rugas do queixo

Muitas pessoas sofrem com o excesso de ruguinhas ou “furinhos” no queixo. Popularmente conhecido como “celulite do queixo”, essas pequenas marcas aparecem na região devido à uma característica individual de movimentação da região. E a Toxina Botulínica também pode ajudar nestes casos: a aplicação do Botox® no músculo mentoniano torna a pele lisinha e sem o aspecto de “casca de laranja”. 

 

5) Sorriso Gengival

Você já reparou que algumas pessoas, ao sorrir, têm a gengiva mais aparente do que outras? O nome dado à essa característica, considerada inestética, é “sorriso gengival”. Neste caso, a aplicação da Toxina Botulínica age impedindo ou diminuindo a contração muscular do lábio superior, reduzindo o espaço de gengiva que fica aparente quando o paciente sorri.

Outras dúvidas comuns sobre a Toxina Botulínica

-> Existe idade ideal para iniciar o tratamento?


Não. Não existe regra que dite a hora certa de começar o tratamento, já que as pessoas apresentam formas de envelhecimento diferentes. Assim, enquanto alguns pacientes têm tendência a formar rugas mais precocemente, outras pessoas demoram mais a aparentar as linhas de expressão. Uma série de fatores está relacionada com o processo de envelhecimento, como a predisposição individual, fatores genéticos, cor da pele, tabagismo e exposição solar.  Em geral, a partir dos 25-30 anos já é possível iniciar as aplicações da substância, seja para amenizar linhas finas ou de forma preventiva, para evitar a formação das marcas de expressão.

 

-> Os efeitos do tratamento são permanentes?


Não! Em geral, as aplicações para tratamento de rugas dinâmicas têm duração de 4 meses e, após este período, é necessário realizar o procedimento novamente. Pode ser feito Botox 2 a 3 vezes ao ano.


-> Botox pode ser utilizado para aumentar os lábios?

 

Não. A Toxina Botulínica tem como objetivo relaxar a musculatura onde é injetada, tratando as rugas de expressão. Neste sentido, ela pode ser aplicada ao redor da boca, evitando as rugas conhecidas como “códigos de barras”, mas nunca para aumentar o volume labial.  O tratamento indicado para isso é o preenchimento com ácido hialurônico. 

-> A toxina deixa o rosto sem expressão?

Se bem aplicada, NÃO! A verdade é que quando feito de forma adequada, o  tratamento visa apenas relaxar de forma parcial os músculos responsáveis pela formação das rugas dinâmicas, e não paralisá-los por completo. Assim, o objetivo é SUAVIZAR as linhas faciais de forma muito natural.

 

Comentários: